Alzheimer não é só genético; depende também da vida que levamos

O Alzheimer costuma ser bastante associado a fatores genéticos. Porém, eles não são a única (e talvez nem mesmo a principal) causa da doença. Estudos estimam, por exemplo, que 50% dos pacientes que hoje convivem com o Alzheimer poderiam não ter desenvolvido o problema caso tivessem levado uma vida diferente.
Segundo estudos, um dos principais responsáveis pelo Alzheimer é a maneira como nossa sociedade se organiza. Coisas simples, como realizar atividades físicas ou evitar comer carboidratos simples, podem diminuir as chances de desenvolver Alzheimer em até 50%, enquanto aprender uma segunda língua retardaria o aparecimento da doença em cinco anos.
Para prevenir o surgimento de Alzheimer é importante manter o cérebro ativo e um estilo de vida saudável. Assim, é recomendado:
• Fazer exercícios que estimulam o cérebro, como fazer palavras cruzadas, jogar xadrez ou ler, por exemplo;
• Ter uma alimentação saudável, dando preferência para carne branca, peixes com ômega 3, frutas e vegetais;
• Manter a pressão arterial e o nível de açúcar no sangue controlados;
• Fazer exercício físico 30 minutos por dia 3 a 4 vezes por semana;
• Dormir no mínimo 8 horas por noite e evitar o excesso de estresse durante o dia.
Fonte: ABNeuro/Tua Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *